segunda-feira, março 27, 2006

Acreditei em ti. Confiei nas tuas palavras e agora vês-me aqui: a destruir-me aos poucos. Não te julgava eterno, porque aprendi que tudo o que é bom não dura para sempre. Mas, confesso, que também não te imaginava tão volátil. Agora, só me resta continuar a caminhar e, talvez um dia, quem sabe, tu possas voltar e eu, se me apetecer, te desculpar.

Até lá, não penses que vou esperar por ti porque, com o tempo, aprendi que a minha vida não depende só de ti.

8 à janela:

At 28/3/06 12:19 da manhã, Blogger an0kes disse:

primeiras![otra vez]<-lole
pá sara pá! já t disse p xcreveres algo k n goste! sim é k por enquanto inda vou sustentando este vicio ms até qd?:S e há smp k cortar logo ao inicio.. n é o k dizem..?:S
vê lá s ajudas.. até lá...
tá lindoo =} triste.. ms bom de se ler sim senhora Xô Dona Sara =}
tou a adorar conhecer-te!;P és uma manhuca e vivó AC SONU eheh

:*

 
At 28/3/06 5:43 da manhã, Blogger inimaginavel disse:

Disseste-me para esperar, que voltavas uma noite destas. E eu esperei, e recusei todos os olhares que me eram dirigidos, todas as palavras com segundos sentidos, todos os convites velados. Mas tu não chegaste de noite, chegaste de dia e em forma de postal: “Não esperes mais”.

 
At 28/3/06 5:21 da tarde, Blogger Daniel Aladiah disse:

Querida Sara
A eternidade será eterna?
Um beijo
Daniel

 
At 28/3/06 5:47 da tarde, Blogger Inha disse:

Não gosto de te ver sofrer SobrInha!
Mesmo nada!!! Mas os desgostos de amor fazem parte da vida...

BeijoquInhas, querida. Fica bem, ok?

 
At 28/3/06 6:24 da tarde, Anonymous João disse:

Escreves bem...
Quando é que vamos ver estas palavras a sorrirem de exaustão?
Venha o animo ;)
um beijinho amiga teatro;)
tem uma boa semana ;)

 
At 28/3/06 7:01 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Ana:

És a primeira porque és uma desocupada, bahh!!

Há vícios saudáveis, e este é um deles, ó! ;D

Eu também estou adorar que me conheças :]] hihi
E viva o Associação de cúpidos SONU :DD

Inimaginável,
:) beijinho*

Daniel ,
a eternidade será eterna? lol... :/
*

Inha ,
Eu não sofro, pá!
Isto é tudo... grrr... artificial?! ;P
Beijinho, TiazInha***

João,
palavras a sorrirem, às vezes... às vezes... lol ;)*

 
At 28/3/06 11:13 da tarde, Blogger Silêncios disse:

A nossa vida depende tão somente, de nós!!
Um abraço

 
At 29/3/06 8:44 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Será que podemos pôr as coisas assim, de forma tão... radical???

:)*

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo