sexta-feira, julho 30, 2004

Há dias assim

- Em que as palavras são incertas e por vezes inoportunas;
- Em que ficamos prisioneiros de nós próprios;
- Que não conseguimos expressar aquilo que sentimos;
- Há dias que não sabemos a distinção do certo e do errado;
- Há dias de inúmeras questões, questões que existirão sempre sem qualquer resposta;
- Há dias que tudo o que nos parecia banal torna-se em algo demasiado complexo;
- Há dias.....

Bem, há dias assim.

4 à janela:

At 30/7/04 11:57 da manhã, Blogger Neo disse:

oohh! Se há!
O que não falta é dias em que tens medo de arriscar, medo de viver.
Sim, porque o fundo, bem no fundo, se não arriscamos perdemos uma oportunidade que pode ser única na vida e depois arrependemos-nos.

 
At 30/7/04 4:04 da tarde, Blogger almaro disse:

há dias em que a vida nos abraça, nos abana, nos baralha, nos sorri. nesses dias, todos, Existimos...
Outros há, em que as palavras não são ditas. são todas sentir!

 
At 30/7/04 5:29 da tarde, Blogger Magda disse:

Há dias... em que tenho um prazer redobrado em ler-te ;)
bj
(http://www.estadodespirito.blogspot.com)

 
At 1/8/04 2:39 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Neo ;)

Almaro, é bem verdade, ó se é.

Magda &)*

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo