sexta-feira, setembro 24, 2004

Melancolia



Perco-me na esperança
revolto-me com um “não”
desespero, perante esta solidão.
Sorrio face ao olhar
choro a um canto isolado.
Acredito na mentira
não oiço a verdade.
Caminho sob a muralha da vida
escutando o vento
perdendo-me numa estranha alegria.
Escondo-me do mundo
mas há sempre quem me encontre.
Devaneio ao luar
e deixo-me ficar
a ver o tempo passar.



PS: imagem de autor desconhecido

21 à janela:

At 24/9/04 12:15 da tarde, Blogger JC disse:

..."Caminho sob a muralha da vida
escutando o vento"...
E parece que o escutas bem, do modo como o fazes soprar no teu blog. Aunica diferença é que aqui dá gosto lê-lo, em vez de o ouvir!
Gostei... ***

 
At 24/9/04 1:42 da tarde, Blogger nocturnidade disse:

ver o tempo passar nas janelas

ver o pó acumular-se no vidro

de repente deixa de haver mundo

do lado de fora

e o silêncio habita a casa.


gosto de te ler.

 
At 24/9/04 1:52 da tarde, Blogger c.b. disse:

O tempo passa, não deixes fugir as coisas boas da vida, e a melancolia... precisamos dela para sermos, vida também.
Beijo

 
At 24/9/04 6:19 da tarde, Blogger Luís Miguel disse:

Como tudo que é melancólico, este teu "Melancolia" é extremamente agradável. Apenas uma observação: no penúltimo verso e cito "e deixo-me ficara" não haverá um erro aí? Talvez um "a" a mais visto o último verso ter início com "a ver......"? De qualquer forma é sem dúvida um lindo poema. Parabéns!

 
At 24/9/04 6:30 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Que gentil, JC :*

Nocturnidade :)*

Carlos, o tempo passa, na verdade, muito depressa. ;)

Luís Miguel, obrigada,
De facto coloquei um “a” a mais. Mas já está corrigido.
E obrigada, também, pela visita e pelas palavras. =))

 
At 24/9/04 6:32 da tarde, Blogger Yardbird disse:

A tua "Melancolia" está muito bonita. Parece que, AmigaPoesia, também te ficaria bem como nick :-) Gosto muito do que escreves, Sara

 
At 24/9/04 7:20 da tarde, Blogger Blue C. disse:

Sara, obrigada pela visita ao meu Mar. A imagem era mais para o relax que para a temperatura :-) Escreves muito bem, sabias? Bom fim de semana e um beijinho.

 
At 24/9/04 8:12 da tarde, Blogger Estrela do mar disse:

Poema muito bem escrito, como aliás já me tinhas habituado...gostei.
Um beijo*

 
At 25/9/04 12:19 da manhã, Blogger Maria Branco disse:

Lindissimo Sara! Beijinhos, tem um fim de semana feliz!

 
At 25/9/04 10:40 da manhã, Blogger AmigaTeatro disse:

Oh Yardbird, bigadita. (e mais não digo que fico sempre sem jeito neste tipo de coisas.... lol )

Blue C., Obrigada, também.
Tem um bom fim-de-semana e volta sempre que quiseres ;)

Estrelita, há muito que já não te via por aqui... =))*

Maria &)
Um bom fim-de-semana para ti também ;)*

 
At 25/9/04 4:36 da tarde, Blogger TheOldMan disse:

A mentira pode ser divertida.

Mas serve apenas para ver o tempo passar. Felizmente, tens aínda muito tempo...

;-)

 
At 26/9/04 9:54 da manhã, Blogger lique disse:

Belo poema, Sara! Por vezes preferimos acreditar na mentira e não ouvir a verdade. Mas não te deixes ficar a ver o tempo passar. Age. Beijinhos

 
At 26/9/04 12:50 da tarde, Blogger Cris disse:

Devanear ao luar é bom... mas não te esqueças de tentar concretizar os devaneios também... no mundo real... contradições, erros, enganos, confusões... tudo isso faz parte da vida e desta sina de termos que superar-nos a cada dia que passa. Jinhos e uma óptima semana para ti. :)

Cris (www.palavrasaovento.blogs.sapo.pt)

 
At 26/9/04 1:05 da tarde, Blogger Ana disse:

Vim retribuir a visita e qd aqui chego deparo-me c uma alma cheia de poemas!

continua!

 
At 26/9/04 6:55 da tarde, Blogger Mónica disse:

O tempo passa, não deixes fugir as coisas boas da vida. Colokei te nos meus links (espero k nao te importes).Beijokas****

 
At 26/9/04 7:12 da tarde, Blogger BlueShell disse:

Não te deixes abater, nem percas a esperança...NUNCA! Bjs

 
At 26/9/04 7:18 da tarde, Blogger whiteball disse:

Minha jóia...a solidão não é algo de permanente...e às vezes até sabe bem. O chorar a um canto..todos nós já o fizémos , uma vez, ou outra...eu ainda o faço! E também eu, por vezes me deixo enganar em sedutoras imagens que não passam de ilusões...depois vem a "bofetada" quando nos confrontamos coma realidade! mas o importante é não estagnar, não parar: tens o teu talento, a tua sabedoria, o teu encanto...tens tudo para ser feliz: aproveita o dia de hoje; SIM; HOJE! temos de deixar de assistir passivamente à passagem do Tempo...porque ele passa...e deixa suas marcas. VIVE EM PLENO: HOJE! Abraço, WB

 
At 26/9/04 9:16 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Agradeço, muito, todos os vossos comentários mas apenas vos quero dizer uma coisa:

É assim,
Nem tudo o que eu escrevo se dirige a mim. A escrita não é só um monte de palavras verdadeiras, de situações verídicas. Todas as palavras que escrevo são sentidas, obviamente, mas isso não quer dizer que eu tenha vivido a situação ou esteja a passar pelo momento que refiro na minha escrita. Escrevo. Usando também a IMAGINAÇÃO. Usando factos que imagino que aconteçam; escrevendo o que quero; exagerando, por vezes. Vivendo certos aspectos. Mas com alguma invenção, imaginação, desejo de escrever algo.

Percebem?
Não me imaginem tal e qual pelas palavras que escrevo. Porque eu não me revelo em palavras. Nem o faria num blog. ;)

Beijinhos a todos =))
(gosto de vos ver por cá :)

 
At 27/9/04 11:17 da manhã, Blogger Eu disse:

Adoro a tua maneira de escrever
tens muito jeito com as palavras.

Quase todos os dias me sinto assim, com uma melancolia que parece nao ter fim, mas como se costuma dizer a esperança é a última a morrer

 
At 27/9/04 1:47 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

:)

 
At 29/9/04 5:45 da tarde, Blogger folhasdemim disse:

É bom haver sempre quem nos encontre. Beijos, Betty :)

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo