quinta-feira, outubro 07, 2004

Num outro mundo...

Longe,
timidamente de olhos escondidos
com sonhos destruídos.
Vidas esquecidas
longe do mundo:
sobrevivem,
numa infelicidade rotineira
sem saber o que é ser-se amado.
Abandonados. Esquecidos.
São gente:
sem sorrisos;
sem sonhos.
Apenas desejam serem abraçados;
Amados. Por quem? Não sei.
Por alguém capaz de os fazer sorrir,
Sem medos, por alguém capaz de, jamais, os esquecer;
Por alguém que os sinta como gente
direito a felicidade ter
de tudo conseguir obter.
Longe do mundo:
de coração nobre,
humilde e generoso
que sofre nas garras do mais poderoso.
Injustiça. Revolta.
Choram as lágrimas de sangue
Que os acompanham nesta vida.
Habituados a nada ter,
deitam-se na palha
e deixam a “última” lágrima escorrer.



O poema foi escrito pensando em todos aqueles que dariam tudo para ter a nossa vida, vida essa que nós passamos diariamente a reclamá-la. Todos aqueles que vivem distantes, numa outra realidade. Sem as condições básicas para que se possa viver minimamente.

27 à janela:

At 7/10/04 12:33 da tarde, Blogger almaro disse:

Gentes sem olhar, de “Ver” no chão, nas sombras, na noite.
Gentes” vagueantes”, vagabundas do sentir.
Um olhar, um só olhar, um só sorriso, nosso, teria efeito de vento e os transformaria em navegantes da vida…

 
At 7/10/04 2:21 da tarde, Blogger Rita disse:

Ola Sara!!
Venho agradecer te a tua visita ao meu cantinho e tmb por teres "sentido" o meu poema!!
Ao ler o teu pensei mesmo k há pessoas em mto piores condições, eu sei disso...mas é tão difícil kerer e não poder!!! Ver um sonho a esfumar-se por entre o vazio dos dias... :/
Abraços

 
At 7/10/04 4:19 da tarde, Anonymous Anónimo disse:

Sara, o sorriso deixado valeu e a tua presença muito mais. Obrigada! Quanto a esta outra realidade é realmente cruel, todo dia é um recomemeçar sem alegria, sem sonhar, sem sorrir. Muito triste! A refletir... será que temos coragem de reclamar da vida que levamos? Infelizmente, sim...
Beijinhos da Anne.

 
At 7/10/04 4:51 da tarde, Blogger Yardbird disse:

Ontem, a TVI deu uma reportagem sobre voluntários portugueses em Moçambique. Falaram de um médico e de uma (suponho) educadora de infância. E vi aqueles meninos. E ouvi a história de uma menina a quem a tal moça, educadora, deu um abraço, e que ficou surpreendida porque nunca tinha tido tal demonstração de carinho.
Quando comecei a ler o teu poema, pensei que ninguém mereceria mais as tuas palavras tão bonitas, que aquelas crianças tão carentes.
Beijinhos, Sara :-)

 
At 7/10/04 4:59 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Yardbird, e a ti, cometo uma inconfidência: foi essa a reportagem que me fez escrever o que escrevi. Também a vi e não pude ficar indiferente, como é óbvio.

;)**

 
At 7/10/04 5:21 da tarde, Blogger barbaciliano disse:

O calor humano é tão poderoso como o sol mas infelizmente nem toda a gente descobre esse poder...

Um beijo
Gosto do teu blog!

 
At 7/10/04 6:57 da tarde, Blogger stillforty disse:

São essas realidades que tu tão em expuseste, que me fazem "passar". Gostaria de ter o poder de decidir nas minhas mãos, só por um dia. Quantos de nós eram precisos para curar as feridas dos que precisam?

 
At 7/10/04 7:17 da tarde, Blogger litle lucy disse:

obrgada pelas tuas palavras no meu blog:) voltarei porque gostei de te ler:) um beijo Rose

 
At 7/10/04 7:28 da tarde, Anonymous Anónimo disse:

Mt lindo, e infelizmente cada vez mais existem pessoas assim, temos que ajudar. jokas
Rato, prisioneirodonada

 
At 7/10/04 8:39 da tarde, Blogger alexandrantunes disse:

Penso nisso todos os dias... e é isso que me faz desistir da ideia de viver nem que seja por segundos ou horas... não são apenas os humanos que sofrem, os animais também mas os humanos são os únicos culpados desse sofrimento... e muitas pessoas não pensam assim... a minha preocupação vai para os humanos em geral e para os animais em particular. Talvez eu esteja errada mas... quem sou eu para dizer tal coisa?
Um beijo e obrigado pela visita no Frágil. :***

 
At 7/10/04 8:43 da tarde, Blogger lique disse:

Linda, tens aqui um poema belo e de uma sensibilidade extrema. Quantas vidas esquecidas não existem por aí! As crianças da rua, os sem-abrigo, a pobreza mesmo envergonhada... tanta tristeza! Obrigada por te e nos lembrares deles. Beijinhos

 
At 7/10/04 9:53 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Faço questão de me lembrar, pois lamento que isso , por vezes, me passe ao lado. Talvez, por habituada a ter tudo. Mas creio, que são essas vidas(se é que em muitos dos casos se pode chamar de vida) tristes nos dão a força para vencer. Pelo menos a mim é isso que se passa, um momento em baixo, um momento onde tudo se critica basta pensar em todos aqueles que vivem em condições miseráveis (existe uma grande diversidade, cada caso é um caso...) e dão-nos logo uma outra força pois vimos que tudo temos e que ainda continuamos a pedir mais. Somos egoístas: característica natural do ser humano. A verdade é essa. Mas enfim... Há que tomar atitudes, mas não falemos nisso que o post não foi com esse propósito.

Em relação ao que a Alexandra disse aproveito para dizer que sou uma apaixonada por animais. Mais não digo: será para uma outra vez, num outro contexto.

Obrigada pelos vossos comentários,
É sempre um gosto =))

(lique um beijinho 8)** )

 
At 7/10/04 10:19 da tarde, Blogger M.P. disse:

Olá! Venho retribuir a visita!... E encontrei um lindo poema que nos relembra que há gente que perdeu o sorriso e que passa dificuldades tais que nem sabemos quais são! E nós tantas vezes preocupadas com pequenos nadas de que fazemos um drama de grandes tudos! :/**

 
At 7/10/04 10:51 da tarde, Blogger lua_sol1 disse:

Vim retribuir a visita e não pude deixar de ler. Já alguma vez escrevi sobre isso. Para essas pessoas muitas vezes um simples sorriso,um carinho são o suficiente. Digo por experiencia. Um beijo e volta mais vezes.

 
At 8/10/04 6:53 da tarde, Blogger Mónica disse:

Belo texto ,realmente por vezes reclamamos de mais...Gostei das mudanças,bom fim de semana.Bjs****

 
At 8/10/04 7:46 da tarde, Blogger Luís Miguel disse:

Muito, muito agradável este "Num outro Mundo..."... Bom fim de semana.....

 
At 8/10/04 9:44 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

=D
Obrigada

Bom fim-de-semana para todos vós :)*

 
At 8/10/04 11:31 da tarde, Blogger Nónio disse:

Bonito
Sugiro dois blogs para o fim de semana
No primeiro ler Post Aberto a Jorge Sampaio em http://nonioblog.blogspot.com

No segundo mais poético em
http://omeufarol.blogspot.com

 
At 9/10/04 11:28 da manhã, Blogger Criativa disse:

Vim aqui pela 1ª vez e gostei do que vi. Vou entrar um fase de maior aprofundamento do teu blog. Seja como for, desde já te garanto: vim para ficar!

Já agora, faz tb uma visita aos meus cantos (esclarecimento adicional: Criativa=Lhasa=Sandra. Eheheh...)

Beijinho.

 
At 9/10/04 4:56 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Nónio :)

Criativa,
não tou a ver qual é o link pó teu blog, pá. =((
Um beijinho :)*

 
At 9/10/04 5:33 da tarde, Blogger c.b. disse:

Bonito o teu poema. É bom saber que tens os olhos bem abertos para o que se passa ao teu redor. Continua

Beijos

 
At 10/10/04 12:06 da tarde, Blogger Tiago disse:

Pois. Por mais parvo k possa ser, por vezes, quando nos sentimos infelizes, deviamos pensar nessas pessoas. Estão bem pior. Beijões.

 
At 10/10/04 1:00 da tarde, Blogger Criativa disse:

O meu link é: http://www.umpoucodeteatro.blogspot.com

Era suposto ter aparecido. Mas ei-lo!

:)**

 
At 10/10/04 1:17 da tarde, Blogger Maria Branco disse:

Amados por ti, por mim, por nós, por todos aqueles que não se esquecem deles, que lhe dedicam um pouco do seu tempo, que lhe dão a mão, que lhe dão um pouco do que têm. Um olhar... A esses, aos que se dão, a quem mais precisa, que através de uma palavra e de um gesto suavizam a dor dos que a vida roubou o sorriso, o meu muito obrigada!Agradeço-te também a ti, querida Sara por estas magnificas palavras, que te revelam uma alma imensa e linda! Muitos beijinhos

 
At 10/10/04 7:40 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

=) Um sorriso e um beijinho a todos.

(criativa obrigada pelo link ;)*

 
At 15/10/04 8:03 da tarde, Anonymous Anónimo disse:

Olá! Obrigada pela visita ao meu cantinho! Adorei este poema está magnifico! E são para esses e para outros... ;) beijinhos

 
At 15/10/04 8:33 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Anonymous (não assinaste, não sei qual o teu cantinho :S )

Da minha parte agradeço tais palavras :)*

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo