quarta-feira, novembro 03, 2004

Comunicado

Cada vez mais se torna complicado postar, aqui, no blog, cada vez o tempo é menos e quando , este existe nem sempre há vontade para escrever.
Escrevo quando quero e porque quero; não, necessariamente, para o blog.
Esqueço-me que o blog é, no fundo, uma responsabilidade.
Agora, vou pensar, ver o que quero mudar, e então, depois, voltar a escrever sem parar.
O meu muito obrigada pela vossa, sempre, comparência aqui neste mundo à janela.

11 à janela:

At 3/11/04 10:48 da tarde, Blogger Magda disse:

vem com menos frequencia postar mas não deixes de vir, gosto tanto de te ler, um bj

 
At 4/11/04 2:02 da manhã, Anonymous Anónimo disse:

responsabilidade é estudares e ires dando uma palavra amiga a quem gosta de ti, quer aos teus amigos quer à familia. Ou ajudar a tua mãe se for caso disso.
escrever num blog não deve ser uma responsbilidade.

nick

 
At 4/11/04 11:18 da manhã, Blogger Vera Cymbron disse:

Não responsabilidade ter um blog feito por nós, mas sim um blog que faça parte de nós... Cada um vê o seu blog como lhe convém, para mim o blog já faz parte de mim...
Não ligar-lhe seria esquecer-me de mim.
Mas o blog é mais fantástico porque não te pede e exige nada em troca...só mesmo que por cá vem faz isso. Não deixes o teu blog, aparece sempre que te quiseres, não te sintas na obrigação, estás á vontade!
Jinho

 
At 4/11/04 4:05 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Magda, eu não deixarei de vir aqui. A verdade é que tenho consciência do quão complicado está a ser postar assiduamente (coisa que não faço há muito) .
O que disse foi um “simples” aviso, para saberem que por mais tempo que esteja sem postar, que o blog não “encerrou”. ;)*

Ó alex,
Gosto de te ver por aqui, pá. =D
O blog, para mim, é um prazer, é um “puxar” de ideias e de reflexões. Gosto de escrever e isso é ponto assente. Embora a ausência de posts nos últimos tempos não quer dizer que eu tenha deixado de escrever. Não. A escrita continua, mas guardada no sítio de sempre, como dantes, quando não existir blog. Considerei o blog, de certa maneira uma responsabilidade, e continuo a achar, pois, na verdade, desde que o criei há umas certas “regras” a cumprir; não me posso esquecer que há sempre quem me leia (nem que seja uma pessoa) a partir daí há obrigações (nem que sejam mínimas e de “menor importância”) . Percebes?
Agora como em tudo na vida: milhares de obrigações e há que saber ordená-las por ordem de prioridade. Se é que me faço entender. :)**

Blue, acho que os outros comentários anteriores podem servir de resposta ;)
Eu não desapareço ;P

 
At 4/11/04 10:36 da tarde, Blogger mfc disse:

Temos que ter tempo para ter tempo...

 
At 4/11/04 11:28 da tarde, Blogger JC disse:

Também... precisavas de bater assim em público, em quem gosta de te ler, precisavas??? :-(

 
At 5/11/04 12:12 da manhã, Blogger M.C. disse:

continuarei a vir até cá, sempre que tambem o meu tempo mo permita...

 
At 5/11/04 10:56 da manhã, Blogger lena disse:

"cada vez mais se torna complicado", nina

;)**

 
At 5/11/04 4:57 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

mfc, e isso nem sempre é fácil.
Agradeço a visita :)

JC, o senhor não me diga nada, pá. LOL
É só um "aviso" , pá... na stress's .. lol
;)

myryan e eu cá estarei para "ver" os teus regressos =))

Ó Laurinha :$
bigada.. :)***

 
At 6/11/04 10:41 da manhã, Blogger lena disse:

;)*

 
At 9/11/04 3:20 da tarde, Blogger rfarinha disse:

Um blog deve ser à partida um gosto... existe a noção de responsabilidade perante quem nos lê... mas a partir do momento em que o vemos como uma obrigação deixa de fazer sentido ;) Bjs

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo