segunda-feira, agosto 23, 2004

Preciso tanto de ti

Preciso tanto de ti.
Não aguento mais.
Começo a sufocar no meu próprio ar.
As minhas lágrimas escorrem,
escorrem sem parar.
Por favor, eu peço-te
eu te imploro:
não negues. Não me negues.
Eu preciso tanto de ti.
És diamante
que eu tenho que conservar
és de toda a gente, mas,
mas não és meu, e
acabas por não ser de ninguém.
Escolhi-te ao acaso
por isso, é por ti que eu lutarei.
Porque na verdade,
tenho medo de ficar para sempre só.
Porque na verdade...

... eu preciso tanto de ti.

3 à janela:

At 24/8/04 8:32 da manhã, Blogger Estrela do mar disse:

Sara, as férias passaram depressa..., nem deu para acumular pó...
Li com muita atenção este teu texto...lindo. Nele está a prova que temos que lutar sempre até alcançar o que mais desejamos. E eu encontro essa vontade em cada palavra, em cada frase. Não desistas, continua...mantém sempre a esperança.
Um grande beijinho.

 
At 24/8/04 9:08 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Estrela,
a verdade é que é bem mais fácil falar do que fazer, isso toda a gente já sabe. E a verdade é que por vezes a ilusão é o caminho mais fácil para se deixar de sofrer, mas isso é o que se pensa, mas viver sempre na ilusão pode criar uma magoa de tal maneira que pode ser incurável. A realidade é bem mais dura e cruel, dói na altura mas depois... depois passa. Se assim for, prefiro a realidade à ilusão.

“Nele está a prova que temos que lutar sempre até alcançar o que mais desejamos.” Devemos lutar sempre. Lutar para alcançar os nossos objectivos, mas sem passar “por cima de ninguém” que é o que muitas vezes acontece. Aliás, muita gente só sabe viver dessa maneira. Enquanto os meus principios e a minha maneira de ser se manter, lutarei sempre, sempre... mas não te esqueças, estrela, em qualquer dos assuntos há que respeitar sempre a outra pessoa que está em questão. Há que lutar sempre , até chegar a uma barreira que irá dizer “stop” essa barreira é o limite, é aí que devemos parar, porque ..... “acabou”.

 
At 25/8/04 12:52 da manhã, Blogger Estrela do mar disse:

Sara, eu penso tal e qual como tu...só queria te dar uma forcinha,entendes? Mas eu também sei que ás vezes é melhor sofrer logo de uma vez, do que viver-se na ilusão e sofrer-se aos pouquimhos. Estou plenamente de acordo contigo, não queria era transmitir isso, no meu 1ºcomentário.
Um beijão.

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo