quinta-feira, junho 23, 2005

Necessito

A caneta treme-me nas mãos. As palavras mergulham num beco de tinta permanente.
As palavras repetem-se:
Tenho medo do que posso escrever; tenho medo do que posso pensar e tenho medo desta minha incapacidade de me entregar.
E porque me conheces tão bem, não te consigo olhar.
O meu poço de sentimentos secou ou, pelo menos, encontra-se adormecido de modo a que eu não o sinta.

E os meus medos não acabam…

Tremo, porque necessito do calor do teu corpo, desse teu abraço forte que me apertava… necessito dos teus beijos doces e frios, que me causavam um forte arrepio nas mais belas noites de Verão. Necessito do teu olhar encantador, cativante e deliciosamente belo; necessito da tua voz, pausada, que me ia penetrando, lentamente, pelo meu ouvido, em surdina.

Não quero que o tempo pare! Não te quero hipnotizar, apenas necessito.

Necessito…

                                                                           ...necessito de ti, assim.

14 à janela:

At 23/6/05 10:52 da tarde, Blogger Bastet disse:

Oh, parabéns para ti que fizeste anos no post abaixo! Um beijo :)*

 
At 24/6/05 7:12 da tarde, Blogger Daniel Aladiah disse:

Querida Sara
Lindo. Medos todos temos e necessidades também :)
Um beijo
Daniel

 
At 24/6/05 10:18 da tarde, Blogger gato_escaldado disse:

texto intimista. e mto belo. escrever é uma forma de exorcizar os medos. digo eu. sei la...

beijos

 
At 25/6/05 12:05 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

Bastet, bigada =)*

Daniel e gatito ;)**

 
At 25/6/05 4:33 da tarde, Blogger Justamente Eu disse:

Muito bonito...
beijinho

 
At 26/6/05 9:25 da tarde, Blogger Kitty disse:

Nunca tenhas medo de escrever. De partilhar, talvez, mas de escrever não. ;-)

Um beijinho

 
At 26/6/05 9:27 da tarde, Blogger Alma de Poeta disse:

Ùma chamada de atenção que mais não é do que um grito saido do coração, quem sabe até, se sentindo só.
Um beijo

 
At 26/6/05 11:26 da tarde, Anonymous sylpha disse:

Belas palavras!!! A mão até pode tremer, mas insiste sempre em segurar a caneta para que palavras assim sentidas possam sempre preencher uma folha branca. Beijinhos :))

 
At 28/6/05 12:22 da manhã, Blogger vulnerable disse:

Belas são as palavras que encontrei ao ver pela primeira vez este blog.

Beijo GRANDE

 
At 28/6/05 4:04 da tarde, Blogger c.b. disse:

continua a necessitar, a desejar, sempre ;)

e parabéns, atrasados * * *

 
At 28/6/05 4:43 da tarde, Anonymous Bulbucus Ibis disse:

Tudo se realizará. Mais tarde ou mais cedo. Sonha e deseja sempre.

 
At 28/6/05 9:52 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

:)

***** a todos! =))

 
At 28/6/05 10:28 da tarde, Blogger lique disse:

Lindas palavras, Sara! Quem não necesita assim de alguém, tantas vezes na vida? Beijinhos

 
At 28/6/05 11:52 da tarde, Blogger AmigaTeatro disse:

liquita :)***

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo