quinta-feira, setembro 01, 2005

Deliciosamente enganada

Engana-me com as tuas lágrimas
delicadas, prudentes, falaciosas
Faz-me sentir perdida no meio das tuas palavras
Abraça-me.
Deixa que o meu corpo se una ao teu
e que o tempo possa parar
e que eu me volte a encontrar,
nesse teu olhar
que me trai diariamente,
num silêncio obscuro
que me deixa cair numa melancolia deprimente
Deixa-me ser verdadeiramente tua
Permite que esta dor me consuma,
mas que sofra a teu lado,
para sempre.

2 à janela:

At 1/9/05 11:57 da tarde, Blogger papagaio disse:

andas apaixonada,deve ser do tempo

 
At 3/9/05 12:18 da manhã, Blogger AmigaTeatro disse:

... e não é Primavera lol :P

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo