segunda-feira, dezembro 12, 2005

Amor eterno

Por terra e por mar
implanto o meu amor
que se criou aqui
e que se espalhará no ar

Abre as asas, amor
e respira esse vento
capaz de te apertar e te beijar;
capaz de te dar tudo aquilo que eu,
amando-te incondicionalmente,
não te dou.

Quero-te longe desse buraco.
Negro. Profundo.
Quero-te longe dessa dor
que te come alma e te deixa incapaz
de me amar, de te amar.

E longe de mim,
quero-te feliz.

2 à janela:

At 13/12/05 10:43 da manhã, Blogger Daniel Aladiah disse:

Querida Sara
Amor aqui, longe de ti, que seja feliz... ;)
Um beijo
Daniel

 
At 15/12/05 12:09 da manhã, Blogger AmigaTeatro disse:

:)*

 

Enviar um comentário

<< Voltar ao mundo